5 motivos para investir em segurança de dados

Todos nós sabemos que a presença online traz riscos porque aumenta a superfície de ataque e expõe as empresas a hackers e outros cibercrimes. Devemos, portanto, inserir uma espécie de luminária de segurança e ter a mais absoluta cautela neste assunto.

 

Um relatório recente mostrou que 50% das pequenas e médias empresas têm dificuldades em fazer investimentos para melhorar neste quesito, mesmo sabendo de sua importância. Pense você que, suas dívidas, se ter o azar de receber malwares podem ultrapassar a casa dos milhares de reais. Quer entender melhor sobre o tema? Então, vem com a gente!

 

1- O crescimento das ameaças cibernéticas

 

O primeiro desses motivos é o aumento dos ataques dos cibercriminosos nos últimos anos, seja em número ou em sofisticação. O perigo na rede estará sempre presente e em ascensão. 

 

As empresas, sejam elas de tinta, de Locação de Grupo Gerador ou qualquer outra, precisam ter uma estratégia de segurança cibernética que permita implementar políticas e controles que abordem ameaças emergentes e conhecidas (phishing, ransomware etc.).

 

2- Diminuição de custos

 

Embora a introdução de uma política de segurança cibernética possa ser cara, a longo prazo, ela economiza custos ao evitar possíveis ataques que, em suma, se resumem em montantes elevados. 

 

Ter um parceiro para sua empresa não o isentará desses riscos, no entanto, ajudará a evitar que eles sejam bem-sucedidos.

 

Algumas das consequências de ser uma vítima são as seguintes: 

 

  • danos à reputação;
  • perda de renda;
  • possíveis ações judiciais;
  • interrupções de trabalho;
  • roubo de propriedade intelectual;
  • entre outras.

 

3- Ajude seu negócio a crescer com maior produtividade

 

Há muitas maneiras pelas quais o investimento em segurança de dados pode oferecer valor agregado. Se a sua empresa passar uma imagem menos imatura, atrairá investidores. Da mesma forma, os clientes comprarão produtos ou serviços se perceberem que seus dados estarão protegidos. 

 

Transforme-se em um Tubo Flexível onde terá fluidez para manter a posição com investidores e clientes em potencial.

 

A possibilidade de ter um plano de recuperação de dados e contingência em caso de incidentes será fundamental para não impactar o desempenho da organização, além de compensar os custos de produção.

 

4- Aumentando a proteção dos funcionários

 

A implementação de protocolos e controles de segurança protegerá os funcionários que trabalham remotamente, bem como suas informações confidenciais e ainda elimina os riscos de serem vulneráveis ​​a malwares e tentativas de phishing.

 

5- Plano de treinamento

 

Invista num plano de formação dos colaboradores sobre como proteger e classificar a informação, uma vez que parte dos ataques às organizações é destinado a colaboradores, procurando erro humano, induzido por engano, para abrir um e-mail com vírus ou inserir um link não seguro e que acaba gerando uma vulnerabilidade no nível corporativo. 

 

Assim, treinar e educar os membros das organizações é vital para que este tipo de situação seja deixada de lado.

 

A transformação contínua somada às constantes mudanças de software obrigam as empresas a manter suas políticas e processos de segurança atualizados. Portanto, tenha sempre profissionais especializados na área de Cibersegurança, com competências gerais sobre as tendências e aplicação correta e eficaz da operação dos clientes, para minimizar os riscos que possam surgir.

 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe este post em suas suas redes sociais!

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Leave a comment

Your email address will not be published.